Coach
 

Coach

Coaching é uma palavra em inglês que indica treinamento. 
Vamos treinar sua mente a alcançar melhores resultados em menor tempo?!

O processo pode ser feito individual ou em grupo, quando o objetivo da empresa é comum à equipe ou aos sócios.
O Coach alavanca os resultados, facilitando o atingimento de metas profissionais e pessoais.

Para que contratar um Coach?
O  Coach contribui  através do uso de diversas técnicas, métodos e aplicação imediata de mais de 100 ferramentas do Coaching para alcançar os resultados almejados pelos clientes.
O papel do Coach é instigar, motivar as pessoas para uma experiência única, intensa e transformadora em suas vidas pessoais e profissionais.
O objetivo do processo é levar a pessoa a adotar o Coaching não apenas como uma metodologia eficiente, mas como uma verdadeira Filosofia de Vida, transformando seu modo de viver, de pensar, agir, conduzir e guiar pessoas e organizações de forma excelente.
 
O Coach se concentrará na transferência de habilidades e de conhecimentos para seus clientes.

Veja alguns processos aplicados no Coaching:

  • Transformação pessoal;
  • Desenvolvimento de futuros líderes para a uma organização;
  • Aumento significativo de resultados em cima de metas;
  • Potencialização no treinamento de equipes;
  • Criação de valores organizacionais: aprendizagem, treinamento e melhoria contínua.

 
Como o Coach pode contribuir no ambiente empresarial:
- Melhorando a cultura existente da organização:
Atualmente é necessário que empresas e pessoas estejam em constante atualização de informações, motivadas e dispostas a manter a cultura organizacional em equilíbrio
- Aumentando a capacidade do líder para gerir tempo e recursos: 
O Coach contribuirá com dicas e ferramentas para que o líder desenvolva a habilidade de deixar seu cotidiano mais produtivo e consequentemente aumentando seus resultados.
- Treinando as habilidades interpessoais do líder:  
Ajudará a desenvolver suas habilidades através de um sistema de avaliação, em que identificará os pontos fracos e fortes, e orientará como concentrar suas energias para conseguir avançar.
- Passando um feedback de fora : 
Um Coach com experiência pode lhe fornecer um feedback de forma clara e incentivadora

Traçar metas e objetivos é a forma mais eficiente de transformar sonhos em realidade. 
Alguns passos para você traçar e cumprir suas metas e objetivos.

Passo 1: Defina os seus Princípios

Os Princípios que você escolher e hierarquizar vão influenciar as suas metas e objetivos.
Primeiro defina POR QUÊ?
A simples opção DE OPTAR por uma ou outra escolha pode influenciar o emprego que você terá, o lugar onde mora, a pessoa que escolhe para viver a vida junto, o estilo das roupas, a forma de investir o dinheiro e muitas outras coisas.
Coloque no papel e hierarquize tudo isso de uma forma racional.

Identifique os seus Princípios atuais e coloque-os em ordem de importância.
Pergunte-se quais devem ser os Princípios necessários para criar a mudança que você deseja e coloque-os em ordem de importância.

Passo 2: Esclareça sua visão de futuro
Como você se vê quando cumprir suas metas?
 Um realizador traça seu destino primeiro na mente para depois começar a realizá-los.
Traçando sua visão de futuro, ainda não precisará se preocupar em como chegará lá, esse se dará com a definição das metas em si. 

Passo 3: Defina a suas áreas de controle
Todos nós atuamos em diversas áreas, conforme a necessidade
Definir a área de controle  classificar a sua visão de futuro nas diferentes frentes em que você atua.
Isso serve para efeito de organização e também para mantermos nossas identidades sempre coerentes com os Princípios que definimos, com uma visão clara dos diferentes papéis que assumiremos ao longo do tempo.
Simplesmente divida suas intenções de acordo com as áreas em que atua. Abaixo alguns pontos para você adaptar à sua realidade:

  • Aventuras
  • Casa
  • Carro
  • Cultura
  • Dinheiro
  • Educação
  • Esposa/Marido
  • Família
  • Saúde
  • Trabalho
  • Religião
  • Hobbies


Passo 4: Trace as metas com objetividade e clareza
Traçar metas é o primeiro passo para transformar o abstrato em concreto.
As metas devem ser claras, específicas, realizáveis, relevantes e com prazo definido.
Registre por escrito sua meta, sempre verificando se os cinco critérios estão sendo cumpridos.

Passo 5: Elabore Projetos e Desafios
Desafio é uma espécie do gênero Projeto. A diferença é que os Projetos são relacionados ao cotidiano, àquilo que fazemos para manter a vida em funcionamento. São itens relacionados ao dia a dia de trabalho e estudo.
Já os Desafios são pontos de ruptura, são ações que você não está certo se estão dentro do seu campo de possibilidades. Um bom Desafio é aquele que te faz sair da zona de conforto .
O mais importante ao estabelecer um Desafio é encontrar algo que seja grande o bastante para inspirá-lo.



Marketing Pessoal para alcançar SUCESSO

Hoje para conseguir se posicionar no mercado de trabalho, empreender com sucesso, conseguir uma vaga de emprego ou ser promovido, não depende só de um bom currículo e experiência.

O poder de convencimento ou o marketing pessoal podem fazer a diferença em momentos importantes na carreira. É fundamental saber “vender” as ideias, os serviços, o profissionalismo.

O marketing pessoal diz respeito à forma como a pessoa se promove, e consiste em um conjunto de estratégias que permitem  atribuir um valor à sua imagem pessoal.

A autoestima, por sua vez, está relacionada ao autoconhecimento e autoaceitação.
A autoestima, a segurança e a autoconfiança são fundamentais, elas  nos fazem vibrar e, com essa energia, alcançar a credibilidade. A postura deve refletir o que se “vende”, se você não entrega o que divulga, o resultado será o marketing pessoal negativo. É fundamental manter a coerência entre o que você diz e o que você faz.

A principal diferença entre esses conceitos é que o marketing pessoal se trata da imagem que você transmite para as pessoas, enquanto a autoestima se refere à percepção que você tem sobre si mesmo.

Ter uma comunicação eficiente é outro ponto essencial. É preciso ter clareza de expressão e, principalmente, uma comunicação não verbal consciente que é tão ou mais importante do que as palavras. O entusiasmo também contribui muito para essa credibilidade.

O principal objetivo do marketing pessoal é dar visibilidade e relevância para características, habilidades e competências pessoais e profissionais. Muito mais do que apenas se autopromover, o marketing pessoal é um conjunto de possibilidades que farão com que as pessoas vejam o indivíduo de maneira mais positiva e construtiva.

Seja em uma entrevista de emprego, em um relacionamento ou na vida social, a imagem e credibilidade que você transmite determina a qualidade de suas relações e transmite o quanto você se sente capaz.

Para transmitir uma imagem positiva ao mundo, é fundamental que você se sinta preparado para conquistar tudo aquilo que deseja. Por isso, saiba quais são suas potencialidades e limitações, conheça seus sonhos, tenha uma clara visão das coisas que você gosta e entenda quem você realmente é. Conheça seus sentimentos, seus anseios e suas emoções.

Quanto mais você se conhece, mais motivos você tem para gostar de si mesmo e ter confiança para transmitir uma imagem positiva para os outros. Por outro lado, sempre que você se autocritica, está rejeitando uma parte sua.

Um profissional que não tem uma autoestima não se sente capaz, não confia no seu potencial, não reconhece suas próprias habilidades e perde inúmeras oportunidades de crescer. No âmbito profissional, a autoestima é quase tão importante quanto ter um bom currículo: você até pode ter as melhores especializações, mas é necessário se sentir capaz de realizar tudo o que sua profissão exige.